25 de fev de 2012

AQUI


"As paredes desse quarto guardam muitas histórias. Algumas de amor, outras de dor e de agonia. Tantas razões pra sair daqui, mas tantas outras também para ficar...
Aqui vivi grande parte dos meus anos. Chorei, sorri, cresci.
Dentro desse quarto eu tive os momentos mais intensos da minha vida. Cada canto foi testemunha de tanta coisa...
Enquanto o mundo corria lá fora, eu estive aqui, no meu recanto, no meu lugar, junto ao meu melhor amigo, meu único confidente. Ele me ouve, sem pressa, em meu monólogo. Paciente, escuta cada palavra de lamento, tudo que não consigo pronunciar. Assiste cada linha mal traçada que escrevo em minha história, observa sem nenhuma exigência cada escolha que me atrevo a fazer.
Contar a ele não é coragem, é desabafo, é segurança de que meus segredos serão bem-guardados. Ninguém seria capaz de me compreender como ele, porque somente aquele que viu tudo o que aconteceu no passado, o que senti e sofri até hoje, pode entender o que acontece no presente e pra onde caminha meu futuro.
Aqui não há cobranças, não há mentiras, não há jogos. Aqui, ele me acolhe, me abraça, me aquece do frio do mundo, de tudo o que se passa fora daqui. Silenciosamente, me diz o que preciso ouvir. Me conforta, me da paz.
Esse é o meu recanto, meu paraíso, o meu abraço acolhedor... O meu lugar."
Aline Alves e Thiago Lamas

Nenhum comentário:

Postar um comentário