20 de ago de 2012

PIRAÍ (AMIGA ADMA)



"Piraí, Piraí
Quantas surpresas por descobrir
Tantas pessoas pra conhecer
Tão difícil daqui partir

Uma viagem de tantas curvas

Tanto verde pelo caminho
Um clima ameno e agradável
A música alta me distraindo

Carpaccio no sábado

Meia-noite com amados
Strogonoff no domingo
Ao lado de novos amigos

Amiga Adma, muito obrigado

Pela excelente recepção
Que muito ainda esteja por vir
Te deixo um pedaço do meu coração

Então aqui eu me despeço

Mas prometo que não para sempre
Ainda há muito pra se ver
Já espero pela próxima vez"
Thiago Lamas

6 de ago de 2012

OMNIA VINCIT AMOR



"Agora é diferente
Sem métrica
Dizer o que preciso
Sem forma pré-definida
Nada de rima
Apenas o sentimento por si só

Não quero mais um jeito perfeito
De dizer, mais uma vez
O quanto você faz falta
Não vou procurar mil maneiras
De te fazer enxergar
Que eu nasci pra você

Cansei disso tudo
Estou farto de buscar em você
O que já existe aqui dentro
Agora eu entendi
O que nunca compreendi
O amor que eu devo sentir é por mim

Nunca mais terá uma carta minha
Nenhuma palavra dedicada
Só o meu adeus calado
Minha perspectiva é outra
Eu de fato sou outro
Sou melhor do que fomos um dia

Então entenda meu lema
O que se entranhou em meu ser
E não me procure mais
O meu momento chegou
'Omnia vincit amor'
O amor pelo que sou"
Thiago Lamas

1 de ago de 2012

QUEM SOU?


"O que se sente.
O que se vê.
Pelo que se chora?

Ainda existe lugar para os sonhos?
E os sonhos de fato existem quando abrimos os olhos pela manhã?

Um vazio cada vez maior.
Uma dor que parece ser incontrolável.

O valor dado a quem não merecia.
O tempo que não volta.
O abandono entregue a quem estava por perto.
As escolhas que sempre foram erradas de mais...

O que eu sou de fato?
A sobra de ontem?
Ou seria eu, um projeto mal feito do amanhã?
Seria um erro do presente ou uma brincadeira de Deus?

A falta de paz, o esforço desnecessário.
Meu corpo está aqui, mas minha mente voa por lugares que minha memória desconhece.
E meu coração... Ah meu coração... Ferido, cansado, desprezado, dolorido, maltratado...
Esse ainda pulsa, mas por obrigação. Por um mero capricho da vida."
Aline Alves


SE TOCA




"Por todos os lados
A onde quer que eu olhe
Você me vigiando
Não me dá sossego


Mas eu nem tô ligando
Eu não me importo mesmo
Pra você eu tô mostrando
O meu dedo do meio


Agora eu sou notícia?
Virei capa de revista?
Eu tô na mídia?
Isso é inveja, querida?


Você tem vida?
Por quê cuida da minha?
Tá vacilando...
Tem muita louça na pia


Teu marido tá na rua
Procurando o que falta em casa
E você me julgando
Mas é você a mal amada


Se toca, minha amiga
É melhor pra você
Mas se não quiser me ouvir
Tudo bem, vá se foder"
Thiago Lamas