17 de abr de 2013

ANA CAROLINA



"Ana Carolina não consegue mais dormir
Passa a noite acordada pensando em fugir
Leva uma vida dura, suja e cruel
Tantos compromissos já marcados no motel

Sua vida desde cedo sempre foi assim
Nunca pode ir à escola ou se divertir
Tinha mãe doente e um irmão pra sustentar
Com salário “digno” não deu pra segurar

Um monte de remédio e cursinho pra pagar
Ela só queria o melhor proporcionar
Para o seu irmão um homem de bem se tornar
E um dia dele ela poder se orgulhar

Mas num dia cinza ele foi baleado
O esforço de Ana Carolina foi pro ralo
Toda esperança dela tinha se esgotado
Depois de tanto sofrimento, o fracasso

Ela lutou tanto pra poder se reerguer
Mas meses depois sua mãe veio a falecer
E depois de tudo o que a ela aconteceu
O seu próprio pescoço ela torceu...

Ana Carolina, pela vida maltratada
Do começo ao fim foi sempre muito humilhada
Nunca teve chance de viver um grande amor
Uma ilusão foi o que sempre a sustentou"
Thiago Lamas

2 comentários:

  1. Amigo lindo!!!!!! Adoreiii

    ResponderExcluir
  2. Obrigado, Calopsita! (kkkkkkkkkkkkkkkkk) Muito obrigado!
    -Th

    ResponderExcluir