29 de fev de 2012

VIDA REAL


"Manhã sem cor, estranha, diferente...
O vento bate incansavelmente na janela, me chamando pra viver a vida. Sairei daqui. Irei abandonar a vida que criei e retornar ao mundo real, onde as consequências de cada ato são muito maiores do que palavras.
Já não chove mais, agora o sol quente tende sobre minha cabeça, me fazendo sentir a humanidade mais viva que nunca em mim.
Aprendi que atrás das grades, qualquer gato se torna uma onça. Quando não se precisa encarar a vida de frente, quando é possível se esconder qualquer um é corajoso e forte o suficiente.
Optei por não viver mais assim, vou para mundo real, viver a vida real, com as pessoas reias...
Saudades? Sentirei, pois foi nesse universo que realmente descobri quem sou. Mas jamais me deixarei levar novamente!"
Aline Alves

Nenhum comentário:

Postar um comentário