15 de mar de 2012

PRA NINGUÉM




"Tantos rostos sem expressão
Tantas vidas sem paixão
Quanto tempo, quanta mágoa
Tanta coisa sem razão


Tanto tempo desperdiçado
Quantas lágrimas no chão?
Tanto sentimento jamais expressado
Muita vida gasta em vão


O seu tempo vai se esgotando
E a tua vida está se esvaindo
O teu pranto continua rolando
Seu coração, cada vez mais ferido


Depende de você, a mudança
Comece agora, tenha fé
Pois o tempo que é gasto pra nada
Ele não volta atrás... pra ninguém"
Thiago Lamas

Nenhum comentário:

Postar um comentário