9 de mar de 2012

UM CARNEIRINHO... DOIS CARNEIRINHOS...



"Sono, por onde você anda?
Não fuja de mim agora
Preciso tanto da sua ajuda
Estou deitado, contando as horas
Amanhã acordo cedo
Tem escola, tem muito trabalho
Eu preciso pregar os olhos
E descontar todo o meu cansaço
Eu me concentro, eu faço força
Eu me obrigo a adormecer
Eu viro pr'um lado, eu viro pro outro
Mas a mente não quer me obedecer
O corpo não relaxa
O travesseiro cai no chão
Eu me arrasto pra pegar de volta
E o esforço é em vão
Fico meio dentro, meio fora da cama
São cinco da manhã, tô ferrado
Me levanto daqui a pouco
Com o corpo todo quebrado
As olheiras me denunciam
O espelho me destrói
Onde foi parar você, sono,
Meu amigo, meu super-herói?"
Thiago Lamas

Nenhum comentário:

Postar um comentário