11 de abr de 2012

CARTAS AOS MEUS - I


"Quilômetros de distância só provam que o que realmente importa se mantem independente de presença física.
Aprendi que a presença espiritual e de pensamento são bem maiores do que os limites físicos.
Aprendi que o tempo não dita o tamanho ou a intensidade de um sentimento.
Aprendi que uma pessoa pode ser definitiva em momentos que não teriam volta.
Uma brincadeira, várias demonstrações de carinho, conversas sem pretensão e marcas que ficaram eternamente comigo.
As areias de Copacabana, o banho, a fumaça, as experiências que virão... Momentos de algo que sempre guardarei no meu mais íntimo.
Meu patinho, minha companheira, minha amiga...
Nenhuma palavra seria capaz de expressar a minha gratidão.
Por isso limito-me a dizer obrigado, sei que você entenderá..."
Aline Alves


Nenhum comentário:

Postar um comentário