4 de out de 2012

NO MEU LUGAR


"Vivi por amor e por ele morri...
Morri dentro de mim mesma.
Foram tantos anos vivendo, agindo, respirando e fazendo tudo por amor e hoje eu não sei o que realmente é isto.
Me disseram que o amor engrandece, não faz sofrer, cuida... Se o amor é isso, creio que de fato eu nunca amei!
Não me esforçaria, não me dedicaria, não seria a mesma de novo.
Hoje minha visão é tão ampla quanto a vida e a tudo, que vejo que tenho pessoas tão incríveis ao meu redor, que certas coisas já não fazem falta.
Em 3 dias estarei realizando o maior sonho da minha vida, verei pessoas que por muitas noites quis abraçar...
Me sinto tão forte em saber que o passado finalmente está no passado e mesmo que eu tenha raiva, nojo, repudio e em alguns momentos um ódio incontrolável que me faz pensar em me vingar, nada disso mais me assombra.
Sou como um pássaro que fugiu da gaiola. Um presidiário que ganhou a liberdade...
Aprendi a caminhar pela primeira vez sem me apoiar em ninguém e me sinto muito melhor assim.
Nunca quis que fosse como foi, mas está sendo melhor. E creio que talvez os últimos dias tenham sido os mais felizes em anos, não porque tudo esteja em seu lugar, mas eu estou no meu lugar... Junto de mim!"
Aline Alves


Nenhum comentário:

Postar um comentário