27 de jul de 2012

E-MAIL



"Ainda te espero responder aquele e-mail
Aquele que você talvez nem leu
Todo sentimento que pus às claras
Não faz sentido, quando não sou seu...


Mas depois de tanto tempo
Resposta eu ainda procuro
E apesar de não haver mais sofrimento
Esperando resposta continuo


Eu prefiro entender o outro
Que guardar algo ruim no peito
Mas é com grande lástima
Que seu silêncio a cada dia aceito


A escolha é sua, não minha
E cabe a mim respeitar
Mas saiba que estou aqui, em todo caso
Caso algum dia queira se comunicar


Estarei de braços abertos
Ficarei feliz em te rever
Mas sem esperança me encontro
Poderá você me surpreender?"
Thiago Lamas

Nenhum comentário:

Postar um comentário