11 de dez de 2012

MISSING


"Creio que essa seja a quinta ou sexta xícara de café que tomo nessa madrugada, perdi a conta enquanto ouvia algumas das muitas músicas que me lembram você. Já reparou que nós nunca tivemos uma música só nossa? As que me fazem lembrar de você, ilustraram fantasias, pensamentos ou momentos meus, sem você. Se bem que nesses anos, grande parte do tempo eu estive sem você, mesmo que você estivesse aqui.
As vezes me agarro as lembranças de um sorriso, um olhar ou um momento em que as palavras fugiram e que me fizeram saber que a vida de alguma forma valeu a pena...
Me lembro ainda do último abraço na estação do metrô, da última vez que vi aquele olhar, aquele sorriso, que senti aquele cheiro... Dói tanto se manter firme em certas decisões!
Muitos me dizem que eu deveria ser firme, deveria me desapegar e deixar pra lá... Mas sei que nenhum deles é capaz de entender o que eu sinto por você e sei que você sabe que de alguma forma estaremos sempre ligadas, mesmo que o tempo passe ou que  nos afastemos.
...
Por mais uma vez pedi que você decidisse e sei que seu silêncio me deu a pior resposta que eu poderia ter. Não haverá volta, não haverá dor que me traga ao que eu senti nesses últimos dias, não haverá nada mais que possa me manter!
Descobri que não se pode prender a alma de um pássaro que nasceu para voar. Que não há muros que impeçam o vento de passar. E que mesmo que você se abrigue da chuva, ainda assim irá se molhar!
Estou indo novamente.
Esperei até o último momento que algo fosse diferente, que alguma atitude resolvesse contradizer todas as minhas expectativas e me surpreendesse e que pela primeira vez eu fosse a primeira opção e não a última.
Perdi muitas das minhas magoas e todo o desejo de culpar alguém por tudo que aconteceu, sei que se chegou ao que é hoje uma grande parcela da culpa é minha, mas existe algo que sempre irá rasgar toda a minha estabilidade e machucar profundamente... Me sinto como o jogador que te ajudou a treinar, te ensinou as regras do jogo e te preparou para a partida, mas na hora da grande decisão você entrou em campo e jogou sozinha e eu fiquei ali no banco de reservas só observando a partida. Na hora da comemoração, não foi pros meus braços que você correu! Sinto que sempre fui o step, a segunda opção, o plano B (se é que em algum momento eu estive nos planos)... E isso dói imensamente!
...
Queria poder deixar algo mais do que toda essa dor que venho sentindo, mas hoje sou incapaz de dar algo mais que isso. Ouça essa canção cada vez que lembrar de mim e saiba que de alguma forma essa foi a única coisa que realmente valeu a pena..."
Aline Alves

8 de dez de 2012

PESSIMISTA


"Por onde quer que eu passo
Em tudo o que eu faço
Por mais que eu me esforce
Tudo dá errado

Não sei o que acontece
E por mais que eu tente
Quanto mais me importo
Só me decepciono

Se dá errado
Fico na pista
Se eu reclamo
Sou pessimista
Ficar calado
Eu não consigo
E quando eu falo
Sou pessimista"
Thiago Lamas

2 de dez de 2012

MINHA GAROTA


"Menina tímida, meio calada, de certa forma misteriosa e que desperta minha imaginação de uma forma difícil de explicar.
Quero sentir, quero tocar, mas aguardo pacientemente em uma espera intensa e injusta.
Por quanto tempo mais terei que esperar para estar com você? Se a vida só tem sentido ao seu lado, creio que seja uma brincadeira cruel do destino te manter longe de mim.
E o que me resta de fato é esperar, imaginar, sonhar e ter a certeza de que meu futuro é ao seu lado.
Talvez eu não devesse ter tanta certeza, mas se ainda longe eu consigo sentir algo tão intenso, por que não acreditar que tudo isso será real?
Guardo uma foto e sempre que a saudade aperta fico olhando e sentindo que meu lugar é onde você estiver, não importa onde seja.
Se você quiser feche os olhos e sinta... Sinta os meus pensamentos, os meus desejos, meus anseios e minha vontade incontrolável de estar com você.
Hoje o presente nos prende a distância, mas repouse calmamente no tempo minha garota, pois o futuro nos reserva a eternidade!"
Aline Alves

22 de nov de 2012

GIVIN' UP



"O cinza dos teus olhos
Reflete o dia chuvoso
E eu, do lado de fora
Renegado em teu coração
Trancado do lado de fora
Sem esperança de entrar
De retomar nossa história
De voltar ao que era antes
Andando sozinho na chuva
Encharcado da cabeça aos pés
Sem direção, vagando por aí
Só desistindo, desta vez
Água no corpo, água nos olhos
Escorrendo pela minha face
Sem expresão, um olhar perdido
Apenas frustração
Minhas pegadas apagadas
Como se nunca tivesse estado nessa rua
Como se os vizinhos não me conhecessem
Mesmo após tantos anos
Ninguém mais me reconhece
Nem você, nem tua família
Sou apenas mais um na multidão
Sem ser notado, apenas caminho
Ainda sem saber onde chegar
Mas em algum momento a chuva há de cessar
E o sol voltará a sair
Nesse instante, eu sei que vou sorrir
Pois a tormenta terá ficado pra trás"
Thiago Lamas

MILHÕES DE OLHARES



"Me perdi nas palavras
Enquanto pensava
No que já vivi ao teu lado
Quanto mais eu lembrava
Em minha cara
Se via um sorriso estampado

Foram dias e noites
E ainda me lembro
Com perfeição os detalhes
Serão anos e anos
Até nossa morte
Trocando milhões de olhares


Entrelace seus dedos nos meus
Não me solte
Preciso sentir o seu toque
O calor da tua pele em meu corpo
Me deixa maluco
Isso é tão tão excitante

Serão dias de glória
E a nossa história
Eu vou me lembrar em detalhes
Serão noites de fúria
Em nossa loucura
Trocando milhões de olhares


Toda vez que te olho nos olhos
Me afogo nessa imensidão azul
Mas você me resgata num beijo
Desejo mais um e mais um e mais um..."
Thiago Lamas

16 de nov de 2012

DE REPENTE


"Não sou a solução de seus problemas.
Muito me escondo pra não deixar o mundo ver o tamanho de certas fragilidades e ainda assim você diz gostar.
Tudo tão de repente e tão intenso, embora ainda confuso...
Não foi no momento certo, nem mesmo na hora certa, mas sei que foi da forma que deveria ser.
Seu jeito efusivo, explosivo, mas ainda assim frágil... Você é uma menina tão mulher e ainda assim é só uma garota precisando de colo.
E eu... Ah eu... Talvez seja um erro que você goste de cometer ou talvez apenas mais uma.
Mas sinto que preciso cuidar de alguém que está de alguma forma cuidando de mim.
E eu continuo perdida entre a certeza e a aventura, a calmaria e as loucuras do teu mar..."
Aline Alves

12 de nov de 2012

OLHOS CANSADOS


"Alguns passos dados no rumo que meus olhos apontam. A visão já turva na maior parte do tempo, certamente não aponta o melhor caminho, mas sei que me levam pra longe de tudo que vi por aqui.
Esses olhos tristes que já presenciaram tantas coisas, tantas dores e por muito tempo estiveram imersos em lágrimas.
Olhos que por muito tempo buscaram insaciavelmente aqueles olhos... Aqueles olhos tão singelos e ternos, porém que escondiam uma capacidade enorme de magoar e arrancar lágrimas desses meus olhos cansados.
Pobres olhos que viram o amor partir. Viram a traição, a mentira, a enganação... Olhos que viram lobos em pele de carneiro, aproveitadores se aproximando, certezas sendo quebradas, amigos se afastando, se perdendo...
Se fecho esses olhos sinto que eles desejam intensamente não mais abrir e apenas se esconder da luz, de alguma forma tola hoje eles acreditam que existe um abrigo escondidos na escuridão dos meus sonhos.
E quem pode julgar se hoje meus olhos assustados se escondem do mundo?
Por tanto tempo eles foram fortes, firmes, mas sensíveis de alguma forma.
Mas quando eles viram que seu super-herói na verdade era o maior vilão de sua história, a forma como o mundo era visto mudou completamente e aqueles olhos inocentes se tornaram frios e vazios.
Aqueles olhos que viam o mundo com a visão de uma criança, hoje preferem não mais enxergar.
E mesmo com a visão embaçada, meus pés seguem a estrada que meus olhos indicam... Amanhã possivelmente esses olhos se cansarão e se recusarão a ver mais uma vez e meus pés com eles descansarão eternamente!"
Aline Alves

TALVEZ


"Talvez eu quisesse que dias como esse não existissem, mas sei que é preciso de momentos assim para que algo de bom possa acontecer um dia quem sabe.
Talvez houvesse uma remota esperança de que o passado tivesse algum sentido e fosse capaz de ter algum valor hoje.
Talvez Deus tenha atendido minhas preces desesperadas, muitas vezes cheias de dor e lágrimas pedindo pra que tudo isso saísse de mim.
Talvez todas as músicas tenham perdido o sentido ou quem sabe hoje façam todo o sentido do mundo.
Talvez tenha sido uma enorme mentira ou apenas uma certeza momentânea.
Talvez eu ainda ache que não deveria ter caminhado por essa estrada tanto tempo, mas talvez tenha sido isso que fez de mim quem eu sou (mesmo que isso não seja tão bom assim).
Talvez hoje eu seja melhor... Talvez não...
Talvez eu ainda escreva achando que certos olhos lerão... Talvez isso seja só uma utopia cruel...
Talvez eu estivesse precisando chorar pra limpar o que está me corroendo.
Talvez essas sejam as lágrimas mais dolorosas dos últimos tempos.
Talvez, talvez e mais talvez.
E sem saber ao certo o que é certo, vou me questionando e contando com quantos 'talvez' eu feita."
Aline Alves

31 de out de 2012

CHEGA!


"Manhã nublada de outubro que acaba de nascer, fruto de uma noite inquieta onde não consegui  adormecer...
Pensei  tanto nela, no mundo e nas voltas da vida. Ouvi velhas músicas pra relembrar momentos... Deixei algumas lágrimas acompanharem cada ruído que a música fazia.
Por algum momento me senti fraca, por outro fria. Me senti distante, mas prevaleci me sentindo vazia.
Pensei por alguns momentos em quem eu sou e em quem pensam que sou, será mesmo que existe alguma coerência nisso?
Apenas cansada de falar da dor, da solidão... Vazia de mais para falar do amor ou da felicidade.
Temo que eu esteja me afundando, pois nem mesmo o cigarro que me acalmava não gera mais efeito...
E que sentido faz vir aqui e escrever tudo isso se nada vai mudar mesmo?
Chega!"
Aline Alves

28 de out de 2012

TÉDIO



"O tempo correndo
E o sol me ardendo
Eu sedento de viver
Sei que não tô certo
Mas olho pro teto
E te espero aparecer

Os outros sorrindo
E se divertindo
O meu pranto a rolar
Dor presa na garganta
Tanto me sufoca
Mas ninguém me escuta se eu gritar

E se eu gritar?

Vem me buscar
Me tira do tédio que é o meu lar
Me leva contigo pra qualquer lugar
Me faça viver sem mais querer voltar
Vem me buscar

Vamos viajar
Pra qualquer canto bem longe daqui
Eu vou contigo, vou até o fim
Me faça viver sem mais querer voltar
Vem me buscar e levar com você..."

Thiago Lamas

16 de out de 2012

ESPERANDO


"E o encanto começa a surgir e eu como a muito não me sentia, chego a me assustar com tudo isso.
Em meio a brincadeiras e risos demonstro alguém que não sou, com o simples pretexto de me manter por perto.
Distância, escolhas e tantas outras coisas e eu permaneço aqui, esperando que umas das muitas bobagens que eu digo arranquem um sorriso dela.
Não tenho nenhuma pretensão de conquista, não pretendo lutar, muito menos revelar algo que esteja crescendo aqui dentro, apenas me faz bem tê-la por perto e estar perto dela.
E se precisar por mil vezes serei apenas aquela que está em frente ao computador toda noite esperando para falar um milhão de bobagens e apenas esperando que um sorriso venha em troca disso tudo.
Daqui a pouco o dia vai nascer e eu vou voltar a minha sinfonia diária: Vida real, problemas, dores... Mas quanto a noite chegar e nela que tudo estará focado! Então que o dia corra, pois ainda conto cada passada do relógio esperando a hora que ela vai estar mais uma vez aqui."
Aline Alves

14 de out de 2012

FRIO E INCONSTANTE


"Entre essas paredes e dentre tantas coisas que aconteceram eu sou a única ainda presa em um mundo que só existiu de fato em minha mente.
E por tantos momentos quis estar sozinha, hoje de fato estou. Não dói como antes, mas ainda move uma parte enorme de mim.
Em meio ao melhor momento, vivo os piores pensamentos, escolho as pessoas perfeitas com os defeitos mais incertos, busco crenças que não me completam e finjo estar bem mesmo estando no olho do furacão.
É uma dor silenciosa.
Uma doença que apodrece meu amago aos poucos.
Um desapego frio e inconstante que faz de mim tão pobre e desmerecedora das conquistar que tive até hoje.
Há uma crueldade contida, uma maldade escondida, um ódio que culmina em fingimentos e aparências... Muitos se iludem e acabam achando que estou cercada de virtudes, quando na verdade não passo de uma miserável sem muito futuro.
O sorriso que por muitas vezes brinca pelos meus lábios esconde tantas coisas que assustariam o mundo, que talvez por isso eu prefira tanto me manter só.
Seguir só, ajuda a não ferir o mundo com suas fraquezas.
Vejo tanta gente sofrendo por tão pouco e reclamando perdas tão pequenas... Fico comparando a tudo que já vivi... Não que minhas dores sejam maiores, ou que o sofrimentos de alguém possa ser desmerecido, mas ha coisas tão maiores no mundo...
Vejo que grandes perdas nos fazem dar valor as pequenas coisas...
As pessoas não deveriam esperar o martírio da perda para saber o quão algo é importante e valioso para elas!
Mas quem sou eu para ter o direito de interferir na vida de alguém ou direcionar minhas meras palavras a alguma direção?
Sou tão pequena e imperfeita em tudo que faço...
Hoje eu penso e não nego, mas vivo e não espero, porque esperar é a tática dos incapazes de fazer.
Entre pensamentos, apago mais um cigarro (mais uma vez com a promessa de que seja o último) e contemplo aquilo que nunca serei, nem pra mim nem pra ninguém.
Deixe esse dia se esconder no passado e se tornar apenas mais um perdido entre tudo aquilo que deixei pelo caminho, que ele se encontre com amigos e um grande amor que assim como ele, não voltarão!"
Aline Alves

4 de out de 2012

NO MEU LUGAR


"Vivi por amor e por ele morri...
Morri dentro de mim mesma.
Foram tantos anos vivendo, agindo, respirando e fazendo tudo por amor e hoje eu não sei o que realmente é isto.
Me disseram que o amor engrandece, não faz sofrer, cuida... Se o amor é isso, creio que de fato eu nunca amei!
Não me esforçaria, não me dedicaria, não seria a mesma de novo.
Hoje minha visão é tão ampla quanto a vida e a tudo, que vejo que tenho pessoas tão incríveis ao meu redor, que certas coisas já não fazem falta.
Em 3 dias estarei realizando o maior sonho da minha vida, verei pessoas que por muitas noites quis abraçar...
Me sinto tão forte em saber que o passado finalmente está no passado e mesmo que eu tenha raiva, nojo, repudio e em alguns momentos um ódio incontrolável que me faz pensar em me vingar, nada disso mais me assombra.
Sou como um pássaro que fugiu da gaiola. Um presidiário que ganhou a liberdade...
Aprendi a caminhar pela primeira vez sem me apoiar em ninguém e me sinto muito melhor assim.
Nunca quis que fosse como foi, mas está sendo melhor. E creio que talvez os últimos dias tenham sido os mais felizes em anos, não porque tudo esteja em seu lugar, mas eu estou no meu lugar... Junto de mim!"
Aline Alves


9 de set de 2012

RENASCIDA


"Com o controle na mão revirando os canais da TV, como se mais esse domingo fosse igual.
A muito essa sensação não era comum a mim... Deslocada talvez, mas com a certeza de que este foi o melhor caminho.
E muitos pensam que serei eternamente fadada a todo aquele inferno ao qual me prendi esses anos, (que me perdoem os leitores mais cultos) mas que se foda tudo isso!
Desde sempre me agarrei a ideia de que amar significava doar-se de forma incondicional e para tanto eu deveria suportar qualquer coisa ou situação. Isso não se comprovou ao longo dos anos, mas me fez entender a importância que eu tenho para mim mesma e para outras pessoas que estão ao meu redor.
Me tornei forte, desapegada e fria em muitas vezes, mas acima de tudo nunca fui tão eu.
Ouvi ela dizer que eu sou muito superior a ela, que ela jamais conseguiria fazer tudo o que eu já fiz... Sim, isso de fato é verdade! Não que eu seja superior, ou melhor, ou qualquer outra coisa do tipo, mas eu sei bem a importância que as pessoas têm em minha vida e sei diferenciar o passageiro do que deve permanecer em minha vida.
Algumas pessoas se escondem de mais e deixam a vida e as oportunidades passarem, outras escolhem lutar por coisas que não fazem bem, mentem, enganam e dessa forma vão vivendo mesmo sem nunca se sentirem bem ou de fato completas.
Eu continuo no meu recanto interno, vazia e por muitas vezes só, mas de consciência limpa.
Hoje muito mais que sonhos, estou concretizando planos. E mesmo com tudo, eu estou crescendo, amadurecendo...
Deixo a vocês a imagem da menina frágil que se foi e os vestígios de uma Aline que não existe mais.
Acreditem no que quiser ou não acreditem, estou bem distante de tudo e sei que entre os restos disso tudo eu encontrei o meu lugar. Renascida em meio a tudo que todos preferem ignorar."
Aline Alves

20 de ago de 2012

PIRAÍ (AMIGA ADMA)



"Piraí, Piraí
Quantas surpresas por descobrir
Tantas pessoas pra conhecer
Tão difícil daqui partir

Uma viagem de tantas curvas

Tanto verde pelo caminho
Um clima ameno e agradável
A música alta me distraindo

Carpaccio no sábado

Meia-noite com amados
Strogonoff no domingo
Ao lado de novos amigos

Amiga Adma, muito obrigado

Pela excelente recepção
Que muito ainda esteja por vir
Te deixo um pedaço do meu coração

Então aqui eu me despeço

Mas prometo que não para sempre
Ainda há muito pra se ver
Já espero pela próxima vez"
Thiago Lamas

6 de ago de 2012

OMNIA VINCIT AMOR



"Agora é diferente
Sem métrica
Dizer o que preciso
Sem forma pré-definida
Nada de rima
Apenas o sentimento por si só

Não quero mais um jeito perfeito
De dizer, mais uma vez
O quanto você faz falta
Não vou procurar mil maneiras
De te fazer enxergar
Que eu nasci pra você

Cansei disso tudo
Estou farto de buscar em você
O que já existe aqui dentro
Agora eu entendi
O que nunca compreendi
O amor que eu devo sentir é por mim

Nunca mais terá uma carta minha
Nenhuma palavra dedicada
Só o meu adeus calado
Minha perspectiva é outra
Eu de fato sou outro
Sou melhor do que fomos um dia

Então entenda meu lema
O que se entranhou em meu ser
E não me procure mais
O meu momento chegou
'Omnia vincit amor'
O amor pelo que sou"
Thiago Lamas

1 de ago de 2012

QUEM SOU?


"O que se sente.
O que se vê.
Pelo que se chora?

Ainda existe lugar para os sonhos?
E os sonhos de fato existem quando abrimos os olhos pela manhã?

Um vazio cada vez maior.
Uma dor que parece ser incontrolável.

O valor dado a quem não merecia.
O tempo que não volta.
O abandono entregue a quem estava por perto.
As escolhas que sempre foram erradas de mais...

O que eu sou de fato?
A sobra de ontem?
Ou seria eu, um projeto mal feito do amanhã?
Seria um erro do presente ou uma brincadeira de Deus?

A falta de paz, o esforço desnecessário.
Meu corpo está aqui, mas minha mente voa por lugares que minha memória desconhece.
E meu coração... Ah meu coração... Ferido, cansado, desprezado, dolorido, maltratado...
Esse ainda pulsa, mas por obrigação. Por um mero capricho da vida."
Aline Alves


SE TOCA




"Por todos os lados
A onde quer que eu olhe
Você me vigiando
Não me dá sossego


Mas eu nem tô ligando
Eu não me importo mesmo
Pra você eu tô mostrando
O meu dedo do meio


Agora eu sou notícia?
Virei capa de revista?
Eu tô na mídia?
Isso é inveja, querida?


Você tem vida?
Por quê cuida da minha?
Tá vacilando...
Tem muita louça na pia


Teu marido tá na rua
Procurando o que falta em casa
E você me julgando
Mas é você a mal amada


Se toca, minha amiga
É melhor pra você
Mas se não quiser me ouvir
Tudo bem, vá se foder"
Thiago Lamas

27 de jul de 2012

E-MAIL



"Ainda te espero responder aquele e-mail
Aquele que você talvez nem leu
Todo sentimento que pus às claras
Não faz sentido, quando não sou seu...


Mas depois de tanto tempo
Resposta eu ainda procuro
E apesar de não haver mais sofrimento
Esperando resposta continuo


Eu prefiro entender o outro
Que guardar algo ruim no peito
Mas é com grande lástima
Que seu silêncio a cada dia aceito


A escolha é sua, não minha
E cabe a mim respeitar
Mas saiba que estou aqui, em todo caso
Caso algum dia queira se comunicar


Estarei de braços abertos
Ficarei feliz em te rever
Mas sem esperança me encontro
Poderá você me surpreender?"
Thiago Lamas

22 de jul de 2012

DE VEZ, DESSA VEZ


"E se o não, não for mais não
E se o sim, não for mais o sim
A certeza se perdeu em nós a tanto
Que nós fez sentir assim
Eu distante de tudo
E você distante de mim

Apenas o ar que doi quando entra
E a cabeça que não para de rodar
Dessa vez eu só me tranquei pra poder chorar
Sem que ninguém pudesse se importar

Mais um dia que os sentimentos caiem
E eu vou te deixar de vez, dessa vez

Não há mais tempo, não há mais volta
Não adianta dizer que ainda se importa
Hoje é preciso mais que palavras...
Pra me prender, outra vez.
Eu precisei me deixar levar
Eu precisei permitir que meu coração
Pudesse se quebrar
E que mais uma vez, a dor viesse visitar

Só assim eu pude entender
Que não importa o que eu seja
Eu nunca vou ser o bastante pra você

E dessa vez eu sei que não foi minha culpa
E agora eu sei que posso me levantar
Tentar seguir sem me culpar
Por dessa vez ter te deixado
E ido embora
Pra nunca mais

E se existe alguma ligação entre nós
Que ela ressurja do lado
Ou em outra vida
Mas não, não mais aqui
Não nessa bagunça
Esse caos que a gente deixou se formar

Você que fez tantas escolhas
E que nunca me incluiu nelas
Pegue suas coisas e siga seu caminho
E não olhe pra trás
Porque eu não vou mais
Estar lá"
Aline Alves

15 de jul de 2012

ADEUS AMOR MEU



"Onde está a paz se não mais te tenho aqui?
O que vai ser de mim, pobre poeta...
Sonhei acordar ao teu lado, mas tudo que tenho são algumas lembranças que não me deixam...
Às vezes penso em não mais te amar, mas o fazendo perderia minha alma.
Simplesmente não sei como te deixar e minha mente está mais perdida do que nunca...
Será este o fim, se não posso ser eu sem ter você?
A cada momento, a cada imagem sua eu me lembro que você é tudo que meu coração precisa!

Estive esperando o dia amanhecer e a rotina voltar, para assim tentar amenizar a falta que você me faz
Mas você se foi de verdade desta vez
Não foi apenas um sonho ruim e eu não posso aceitar que estou perdida novamente
Sem você minha respiração parece ficar cada vez mais fraca e meus olhos não veem mais o brilho do dia
E eu fico aqui nessa esperança boba de você voltar, você vai voltar?
Meu coração é cada vez mais cinza
Não há mais cor, não há mais você, não há mais nada que possa me fazer melhor
Você tirou a melhor parte de mim e levou com você

O seu amor é o que me mantem viva...
Estive pensando em desistir, não há sentido em viver se você não está aqui
Volte e me de um motivo para viver e não apenas existir...
Mas com todo esse caos em mim não sei onde me abandonarei
Meu coração explode em chamas quando sinto que você ainda pode voltar e fazer a minha vida ter algum sentido novamente
Mas logo volto a realidade, sei que você não vai voltar
Não sei o que fazer com tudo isso aqui dentro
Triste realidade, eu sei, mas penso se não vai ser melhor assim já que você não parece assim tão triste sem mim
Então só me resta dizer, adeus meu amor!

Talvez um dia eu aprenda a viver sem pensar em você
Se um dia sentir algo faltando, olhe para o céu e sinta a brisa da noite... Ela foi minha companheira todo esse tempo e pode levar a você um pouco de mim
Lembre-se que sempre estarei com você, mesmo que você não mereça isso
E mesmo que eu morra meu espirito irá te guardar sempre
O meu último suspiro será seu
E minha eternidade também..."
Aline Alves, Taís Ramos, Lucas Batista e Jade Fernandes

11 de jul de 2012

AQUI



"Acordo sempre nessa cama
Que já conhece as minhas formas
Levanto e caio na rotina
Mais uma vez fora de hora

E entre tanta gente
Em meio à multidão
Você me encontra sempre
Me pega pela mão

À noite já de cara cheia
Eu vou pra casa outra vez
E passo toda a madrugada
Sonhando com você

Me leva pra outro mundo
Me faz sentir alguém
Me faz sentir inteiro
Não quero mais ninguém

Aqui
Só imensidão
Nosso coração
Bate sem conter
Tanta emoção
Por estar aqui
E ao respirar
Sempre o mesmo ar
Nosso coração
Bate sem conter
Tanta emoção"
Thiago Lamas

9 de jul de 2012

IMAGENS NO CÉU


"Meus olhos capturam imagens que ilustram o céu
Acalentados pelas ondas que atingem meus ouvidos
E se antes estava tão escuro aqui
Esse momento e algumas lembranças me deram alguma luz
Isolada e sozinha, mas perto de mim mesma

Sinto alguma energia tomando conta de mim
E uma certa vitalidade que me faz erguer os olhos
Até a pouco era a angustia e o desanimo
Agora não mais
Não mais lembrar daqueles dias...

Hoje sei que um dia após o outro é o que nos faz firmes
Se estive aqui e se me mantive de pé
Hoje sou muito mais do que muita gente imagina.

Não busco mais nenhum tipo de admiração
Pois eu já tenho a maior que poderia ter: A MINHA!
Não espero nada de ninguém
Não desejo a presença de ninguém
Não me espelho em ninguém
Não preciso mais me apoiar em ninguém...

Se precisar de mim
Não espere me encontrar no meio da sua estrada
Pois não seguirei mais seus caminhos tentando te encontrar
Já te dei o mapa do caminho que leva a mim... Várias vezes...
Se precisar de mim, siga o caminho inverso ao que você está seguindo
E me encontre no lado certo do caminho errado, que você não seguiu..."
Aline Alves